sexta-feira, 29 de junho de 2012

Israel coroou «Miss Sobrevivente do Holocausto»

Hava Hershkovitz, de 79 anos, foi coroada quinta-feira «Miss Sobrevivente do Holocausto» naquilo que muitos consideram um macabro concurso de beleza realizado na cidade israelita de Haifa.


Trezentas mulheres com idades compreendidas entre os 74 e os 97 anos competiram, tendo sido seleccionadas 14 finalistas.

A vencedora passou três anos num campo de prisioneiros na antiga União Soviética após ter sido forçada a abandonar a Roménia, onde havia nascido, em 1941.

Os organizadores defendem-se das críticas argumentando que o evento foi pensado como uma celebração da vida e que as concorrentes foram selecionadas mais pelas suas histórias pessoais de sofrimento e sobrevivência nos guetos e campos de concentração do que pelo seu aspecto físico.

No entanto, Colette Avital , directora da organização israelita de sobreviventes do Holocausto e ela própria uma sobrevivente dos horrores nazis, classificou o concurso de «macabro» e afirmou que vestir as sobreviventes com roupas «glamourosas» por uma noite não irá dar «maior sentido» às suas vidas.

Cerca de 198 mil sobreviventes do Holocausto vivem em Israel.  

 Fonte:http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=580060
 Idosas disputam "miss sobrevivente do holocausto" em Israel
Para críticos, evento transformou um genocídio em entretenimento

Senhoras israelenses com idade entre 73 e 89 anos participaram nesta quinta-feira (28/06) de um concurso de beleza inusitado chamado "Miss Sobrevivente do Holocausto".

A proposta do concurso gerou polêmica uma vez que, para o mais conservadores, ele teria banalizado um tema trágico para o qual não cabem celebrações.



O jornal Yedioth Aharonoth chegou a publicar a carta de um leitor enfurecido, também sobrevivente do genocídio, que alegou que o evento é uma “tentativa de explorar o mais cruel derramamento de sangue na História visando ao entretenimento”.

Uma das finalistas foi Esty Lieber, de 74 anos, que nasceu na Polônia em 1937 e perdeu seu pai quando tinha apenas cinco anos. A candidata subiu ao palco e contou sua história para o público e para as demais concorrentes. A vencedora, contudo, foi Hava Hershkowitz, de 78 anos, nascida na Romênia.

O promotor do concurso de beleza, Shimon Sabag, rejeitou todas as críticas e argumentou que o evento é muito importante para manter viva a ”lembrança da história” e, ao mesmo tempo, “fazer com que os sobreviventes pensem no presente”. 
Fonte:http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/22746/senhoras+disputam+miss+sobrevivente+do+holocausto+em+israel.shtml



 ESSA FOI A MAIOR MERDA QUE LI EM ANOS. ME ASSUSTOU E ME DEIXOU PERPLEXO MAIS DO QUE AS BABOSEIRAS QUE REVISIONISTAS E NEGACIONISTAS  QUE MUITOS IDIOTAS TENTAM DISTRIBUIR POR AI, POIS AO MENOS, DESSES "TIPOS" VOCÊ JÁ ESPERA ALGUMA PORCARIA. 
NÃO ACREDITO QUE CONSEGUIRAM PROMOVER ESSA MERDA. DA VONTADE DE DAR UMA BICUDA(CHUTE) EM TODOS MEUS LIVROS, FECHAR ESSE BLOG E NUNCA MAIS LER  NADA SOBRE O HOLOCAUSTO, PORQUE DESSA FORMA ESTÁ VIRANDO PIADA. ISSO É UM INSULTO  A TODA PESSOA QUE  MORREU SOBRE AS MÃOS DOS NAZISTAS, QUE SOFREU NOS CAMPOS E GUETOS. PROMOVER UMA "MISS SOBREVIVENTE DO HOLOCAUSTO" FOI ALGO QUE EU NUNCA IMAGINEI, NUNCA PASSOU NA MINHA CABEÇA SURGIR ALGO ASSIM DOS ISRAELENSES (SEM GENERALIZAR A PALAVRA ISRAELENSE). 

AONDE ESTÁ A GRAÇA DESSE EVENTO? A GRAÇA EU NÃO SEI, MAS CONSEGUI VER A DESGRAÇA QUE ISSO VAI TRAZER. JÁ NÃO TEMOS UMA QUANTIDADE DE IDIOTA FALANDO DA MIDIA JUDAICA E A PROMOÇÃO DO HOLOCAUSTO, AGORA VAMOS TER AGUENTAR  ANTISSEMITAS/REVISIONISTAS/NEGACIONISTAS/NEO-NAZISTAS E TODA A ESCORIA RECITANDO ESSE CONCURSO. A ANTIGA PIADA DESSE CORJA, CITANDO SEMPRE AS PALAVRAS  DE "HOLOCONTO" AGORA VAI VIRAR "HOLOCONCURSO", "MISS AUSCHWITZ", "MISS DACHAU", E QUANDO SURGIR A "MISS RAVENSBRÜCK" A GALERA VAI PIRAR.

AS PALAVRAS DE COLETTE AVITAL FORAM ÓTIMAS QUANDO CHAMOU O CONCURSO DE MACABRO. MACABRO É APELIDO, ESTÁ IGUAL HUMOR NEGRO ISSO.
SIMPLESMENTE ESTOU SEM PALAVRAS PARA DEMONSTRAR O QUE ME PASSA PELA CABEÇA AGORA. 


A FRASE DO LEITOR (E SOBREVIVENTE) FOI EXCEPCIONAL:"...tentativa de explorar o mais cruel derramamento de sangue na História visando ao entretenimento."



ESSA NOTICIA ME ATINGIU MAIS DO QUE O ACIDENTE DE MOTO QUE SOFRI ESSES DIAS.
 ---


Só atualizando o tópico, existem outros concursos semelhantes como Miss landmine no Camboja e Angola, que por sinal tambem não sou favorável. Isso é uma opinião minha, que nada tem haver com acontecimento ocorrido no passado, mas à preservação da memoria de vitimas e respeito ao acontecimento.

Acho que deveria haver respeito aos que morreram. 

Fazendo uma analogia simples ao respeito, só considerar da mesma forma que quando dançam o Hino nacional em ritmo de funk para alguns é normal, para outros não é nada respeitoso. Uma moeda, dois lados.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...