terça-feira, 15 de março de 2011

Massacre em Czestochowa








Clique nas imagens para melhor visualização

"Operação de represália" desencadeada pela Wehrmacht alemã contra os habitantes da cidade de Tschenstochau(Czestochowa), a 03 de setembro de 1939.

Após a guerra de 1939 a cidade foi ocupada pela Alemanha nazi que renomeou a cidade (Tschenstochau) e incluiu-a no governo geral. Os nazis foram para Czestochowa a 3 de Setembro de 1939, dois dias após a invasão da Polónia. O 42º Regimento de Infantaria (Oberst Heinrich Kittel) da 46ª Divisão de Infantaria  (Generalleutnant Paul von Hase) entrou na cidade de Czestochowa (então com uma população de aproximadamente 138.000 habitantes, incluindo cerca de 40.000 poloneses de origem judaica).

O dia seguinte, ficou conhecido pela "Segunda-feira Sangrenta". Por alguma razão inexplicável, se inicia um violento tiroteio pouco depois da infantaria alemã entrar na cidade. Membros do regimento alemão foram baleados por um atacante não identificado a partir do terceiro andar de um edifício da rua Strazacka. Morrem 8 soldados alemães e há 14 feridos. 

A resposta alemã foi "capturada" pela câmera de um soldado alemão pertencente à 4 ª Companhia de metralhadoras desse regimento.

O 42º Regimento desocupou o prédio e seus moradores, que foram divididos em pequenos grupos, golpeados, ameaçados e conduzidos a ponta de pistola para uma praça de um mercado nas proximidades.

As tropas alemãs selecionaram um grande grupo(cujo número exato é desconhecido) entre inquilinos capturados, levando a um parque próximo, onde todos os seus membros foram executados em represália pelo ataque sofrido.

Em seguida, o 42º Regimento arrasou o prédio de onde tinha vindo o tiro, juntamente com os edifícios adjacentes.

Segundo o relatório oficial da Wehrmacht foram executados 96 homens e 3 mulheres, e mais tarde, na primavera de 1940, realizou uma exumação descobriu os corpos de 227 homens, mulheres e crianças.¹

Assim, desde o inicio da guerra, unidades da Wehrmacht, algumas delas sob o comando de Blaskowitz, participam dessas atrocidades. Neste caso, os disparos originais parecem te sido fogo amigo, soldados alemães nervosos disparando em seus próprios camaradas.

Logo depois, muitos decretos foram feitos contra os judeus. Estes incluíram a sua expulsão das melhores áreas da cidade (a ser "transferidos" para uma área designada judia), o confisco de rádios em 16 de setembro, e no uso de uma estrela judaica em dezembro. Além disso, os judeus foram seqüestrados das ruas para o trabalho forçado.Como em todos os guetos judeus, um Judenrat (Conselho Judaico) foi instituída pelos nazistas em Częstochowa afim de cumprir as ordens nazistas.

Durante a II Guerra Mundial foram assassinados cerca de 45 000 judeus de Czestochowa, o equivalente à quase totalidade da comunidade que vivia na cidade. Antes da guerra, Czestochowa era considerada um grande centro judeu na Polónia.


Transcrições, traduções e adaptações: Daniel Moratori (avidanofront.blogspot.com)
Fontes:  
Documentário The Wehrmacht - The Blitzkrieg.- Parte 01 de 05 (A passagem está aos 23:29seg's.)
ROSSINO, Alexander - Hitler Strikes Poland: Blitzkrieg, Ideology, and Atrocity (University Press of Kansas, 2003), pg. 144.
1 - “Did the Nazi War of Extermination In Eastern Europe Start in September 1939?”,no Yad Vashem Studies, Volume 35, Part 2", Wallstein Verlag, 2007, pg. 196

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Favor, sem ofensas, comentários ideológicos, racistas, antissemitas e semelhantes.

Se não concordar, discordar ou mesmo ter a acrescentar com o escrito no post, o dialogo é a melhor opção.

OBS: Não tenho muito tempo para responder todos comentários, então se seu comentário demorar a ser moderado, não venha reclamar comigo, pois tenho outras atividades alem desse blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...