domingo, 27 de dezembro de 2009

Curiosidades

-Adolf Hitler era abstêmio, vegetariano e um não fumante.


-O Brasil foi o único país da América Latina que participou diretamente da guerra (participando de batalhas).

-A Alemanha leiloou no dia 23 de setembro de 2004, o prédio que serviu de sede ao centro de desenvolvimento e produção nazista dos temíveis foguetes V2, uma das armas secretas de Hitler. O imóvel fica em Peenemuende, na ilha de Usedom, no mar Báltico. São 11 hectares que abrigam o edifício, no qual estava instalada a fábrica de oxigênio líquido que servia de combustível para os foguetes. O centro pertencia ao Instituto de Experimentação do Exército alemão, cujo diretor técnico entre 1937 e 1945 foi o cientista Wernher von Braun (1912-1977). Depois da 2ª Guerra, Von Braun continuou nos Estados Unidos seus trabalhos científicos iniciados em 1932 e dirigiu a Nasa entre 1959 e 1972.

-A Alemanha, em 1944, montou mais de 1.000 jatos ME-262, que atingiam 512 milhas por hora (cerca de 120 milhas a mais que os jatos aliados), mas, como Hitler queria bombardeiros e não jatos de defesa, somente 100 foram aos céus, no final do mesmo ano.

-A fabricante de alimentos Heinz Ltda. criou, durante a guerra, uma sopa de letrinhas com suásticas para o exército alemão.

-A Gestapo escolhia algumas crianças e lhes davam apitos e um fardamento da polícia, para que quando eles encontrassem um judeu, apitassem e o segurassem até que a polícia viesse prendê-lo. E também, em 1945, formou-se o Volksturn, o "Exército do Povo", composto de crianças de 12 a 16 anos e idosos.

-A primeira bomba derrubada pelos Aliados em Berlim durante a Segunda Guerra matou o único elefante do Jardim Zoológico de Berlim.

-A saudação nazista de estender o braço e gritar "Heil Hitler" era usado apenas entre os membros do partido, o povo, as SS e a Gestapo. As forças armadas não, mas o exército (As SS não faziam parte do exército) foi obrigado a fazê-lo depois do atentado a Hitler em 1944.

-A Tropa americana que dividiu acampamento com a FEB (Força Expedicionária Brasileira) em 1944, nem imaginava o pelotão casca-grossa que estava a seu lado. O pelotão da FEB chega a uma clareira no Vale Garfagnana, no Norte da Itália. O acampamento fica próximo a outro pelotão aliado, formado por uma divisão americana e alguns poucos soldados ingleses. As barracas brasileiras estão a cerca de 200m do acampamento aliado, mas há liberdade total de ir e vir entre os soldados, que tentam se enturmar. Os brasileiros percebem que coisas estão sumindo da dispensa da tropa. Caixas com latas de comida, rapadura, cachaça, cobertores e até munição desaparecem. Os responsáveis pela cozinha pedem para falar com o comandante e reclamam. Soldados americanos foram vistos rondando as barracas. O coronel brasileiro foi falar com os oficiais americanos e recebe como resposta risadas "Isto aqui é uma guerra, não um colégio. Os homens estão tensos, precisam extravasar seus instintos. Vocês que saibam proteger seu material e pronto" e a reunião é encerrada. Contrariado, o comandante brasileiro retorna e relata o encontro a seus soldados. Ao terminar, fica um pouco em silêncio, enquanto os homens resmungam e cochicham. "Essas são as regras. Quer dizer, não há regras aqui. Façam então o que devem fazer", conclui o comandante. Dias depois, o oficial americano visita os brasileiros e, humilde, pede: "Quanto aos alimentos, às roupas e às munições, tudo bem. Mas, por favor, devolvam nosso TANQUE!" O coronel brasileiro, que soube do roubo do veículo na noite anterior, viu que o americano finalmente descobrira com quem estava se metendo.

-Adolf Hitler ficou radiante com a notícia do bem-sucedido ataque japonês a Pearl Harbor. Sua alegria se transformou em ataque histérico ao descobrir que nenhum de seus conselheiros militares sabia onde se situava este porto.

-Além dos métodos tradicionais de transporte usados pela Segunda Corporação polaca que lutavam na batalha do Monte Cassino, existia também um urso castanho chamado Wojtek que ajudava a transportar as munições.

-Antes da Segunda Guerra, a lista telefônica de Nova York tinha 22 Hitlers. Depois, não tinha mais nenhum.

-Antes da Segunda Guerra, negros não eram aceitos no Exército Americano.

As cinco regras do espião são:

1º) não falar, seja com quem for, a respeito do seu trabalho;

2º) não tomar notas por escrito;

3º) sendo obrigado a tomar notas por escrito, utilizar-se de papel de seda, de dimensões extremamente pequenas, para que possa ser introduzido num cigarro; em caso de perigo, fuma-se o cigarro;

4º) não entrar em relações com outros agentes, nem contrair amizades "verdadeiras" com quem quer que seja, ainda que o "amigo" esteja, sabidamente, às ordens do mesmo chefe;

5º) abster-se de bebidas alcoólicas; quando se torna indispensável beber - para acompanhar a pessoa que se deseja embriagar, afim de que esta preste as informações procuradas - beber de modo a não perder o controle.

-Benito Mussolini, durante a Primeira Guerra, era um editor de um jornal italiano financiado parcialmente pelos britânicos e pelos franceses. Nessa altura era um opositor aos poderes germânicos (ele também pertenceu ao exército italiano até ser ferido).

-Caso houvessem casamentos durante a guerra, as noivas não podiam usar vestidos feitos de seda, pois eles eram utilizados para fazer os pára-quedas dos militares (lembre-se de que a década era de 40 e ainda não existiam essas malhas usadas hoje em dia).

-Conta-se que dois pára-quedistas britânicos estavam nas ruínas de Arnhem, durante a batalha de Market Garden, cercados pelas tropas alemãs. Estavam escondidos no andar inferior de uma casa protegendo-se de um intenso bombardeio de artilharia. um deles volta-se para o seu camarada e diz: "Estão jogando tudo em cima da gente, só falta jogarem o fogão!" Mal termina esta frase e eles ouvem um estrondo, o piso superior cedeu e os Red Devils ficaram cobertos de entulho e, quando a poeira abaixa, eles olham estarrecidos e diante de seus olhos está um fogão perfeitamente intacto sobressaindo-se entre os destroços. O soldado que havia dito a frase acima olha mais uma vez e diz: "Eu sabia que os alemães estavam perto, mas não que estivessem escutando a nossa conversa."

-Depois de ter sofrido grandes perdas durante o assalto e a captura de Creta, Hitler nunca mais comprometeu as suas tropas aerotransportadas em operações de larga escala, usando-os em vez disso como infantaria.

-Devido à escassez de metal, as estatuetas do Oscar entregues aos vencedores durante a Segunda Guerra eram feitas de madeira.

-Durante a batalha da inglaterra, um piloto de Hurricane estava em combate com um 109 alemão, e teve seu avião atingido, não conseguindo mais lutar. A alternativa do piloto ingês era um mergulho no gelado canal da mancha, o que fatidicamente significaria a morte, mas o piloto alemão, percebendo a dificuldade do Hurricane, emparelhou com ele e "escoltou" a sua aeronave até a costa da Inglaterra, permitindo ao piloto escapar com vida. Algum tempo depois, este mesmo 109 estava em apuros depois de um combate. Desta vez um grupo de Hurricanes retribuiu a gentileza, escoltando o 109 até a costa da França.

-Durante a guerra, aviões da Força Aérea Norte-Americana sobrevoavam céus alemães quando teriam se deparado com uma série de estranhos fenômenos aéreos na área entre Hagenau, em Alsace-Lorraine e Neustadt An Der Weinstrasse, em Rhine Valley. Eram discos-voadores que foram apelidados de Foo Fighters (afooa é uma gíria para a palavra francesa afeua, que quer dizer fogo), daí o nome da banda :)

-Em 17 de janeiro de 1942, Churchill foi quase assassinado pelo inimigo e, igualmente, pela sua força aérea. Durante a viagem de regresso dos Estados Unidos, o hidroavião onde se encontrava desviou-se da rota predefinida e aproximou-se das antiaéreas alemãs situadas em França e, após se ter dado conta do erro e ter sido corrigido, os operadores dos radares britânicos detectaram o avião onde se encontrava Churchill como sendo um bombardeiro alemão. Seis aviões da RAF estiveram praticamente a aniquilar o avião, mas felizmente não foram capazes de o encontrar.

-Em 1942, a marinha americana lançou uma camiseta de algodão como parte dos uniformes. Daí surgiu a camiseta (T-shirt. T, por causa do formato da letra que forma quando é aberta).

-Em 1944 um B-17 avariado invadiu o espaço aéreo suíço. Eles resolveram escoltá-lo para fora de lá, fornecendo uma rota que o levaria até uma região da França já liberada pelos Aliados. A escolta helvética era um par de Messerschmitts BF-109E, comprados da Alemanha antes da Segunda Guerra. Tudo ia bem, mas assim que estavam para sair do espaço aéreo suíço, um P-51 americano os atacou, abatendo os dois caças antes que eles pudessem dizer oi. Um dos pilotos morreu. Mais tarde, os americanos apresentaram um pedido oficial de desculpas e uma indenização à família do piloto abatido, mas o piloto do P-51 ficou com os dois Bf-109s em seu placar.

-Frank Foley, um agente do serviço secreto britânico salvou a vida de milhares de judeus na Alemanha e foi homenageado na embaixada da Grã-Bretanha em Berlim, sendo comparado com Oskar Schindler.

-Há uma super coincidência entre o código Morse e os quatro primeiros toques da 5ª Sinfonia de Beethoven: eles significam a letra "V", no código.

-Heinrich Himmler, a mente diabólica das SS, foi um criador de galinhas.

-John Kennedy, ex-presidente dos EUA, fazia parte da tripulação de um navio PT-109 que foi afundado pelos japoneses em 1943. JK, bastante ferido, sobreviveu e salvou a maioria de sua tripulação. Os destroços do PT-109 foram localizados em maio de 2002, numa expedição da National Geographic. O último sobrevivente do navio, Gerald Zinger, morreu em 2003.

-Mapas de fuga, bússolas e documentos foram contrabandeados dentro de caixas do jogo "Banco Imobiliário", para prisioneiros de guerra na Alemanha durante a segunda guerra, bem como dinheiro de verdade, escondido no meio das cédulas de brincadeira.

-Militares americanos retiraram os bens de um trem conhecido como "trem de ouro nazista", que se dirigia da Hungria para a Alemanha em maio de 1945. O trem estava carregado com ouro, prata, porcelana, jóias, 1.200 quadros e 3 mil tapetes orientais tomados pelos nazistas de famílias judias húngaras.

-Na batalha de El-Alamein, Rommel utilizou um motor de avião para fazer a poeira subir e dar a impressão de o grosso de suas tropas se aproximavam pelo litoral, quando na verdade, eles atacariam pelo interior. Os ingleses caíram direitinho.

-No ataque à Nagasaki, a cidade não era o alvo original - o alvo pretendido era a cidade de Kokura, que escapou pelo fato de os pilotos do bombardeiro terem ordens para só atacar a cidade caso esta estivesse claramente visível. Como Kokura se encontrava sob um denso nevoeiro, Nagasaki foi a primeira alternativa para o lançamento da bomba atômica.

-No final de 44 um dos assistentes teve a coragem de contar a Hitler uma piada que corria entre a população de Berlim: "Göering e Goebbels morreram e foram para o céu. Lá chegando, São Pedro os esperava e chegou junto a Göering e disse: - O Sr. está vendo aquela nuvenzinha lá longe? Pois bem, agora você vai correr até ela e voltar dez vezes por todas as mentiras que contou na Terra... Aí voltou-se para Goebbels e ele não estava mais lá, e então perguntou para o anjo ao lado: - Cadê o rapazinho manco que estava aqui agora há pouco? E o anjo respondeu: - Ele voltou à Terra pois disse que tinha esquecido sua moto na garagem..." Fala-se que Hitler riu muito da piada e o assistente foi enviado para o front russo.

-O clipe, desenhado em 1899 pelo norueguês Johan Vaaler, foi usado na Segunda Guerra na lapela como protesto contra o domínio nazista.

-O exército vermelho chegou a treinar cães com o intuito de destruir os tanques inimigos. Os pastores alemães (irônico não?) eram treinados a pegar comida debaixo dos tanques e nas suas costas eram presos cerca de 26 libras de explosivo. Quando estes se encontravam por baixo dos tanques era acionado o explosivo, destruindo o tanque (e, obviamente, o cão). Infelizmente isto nem sempre funcionava com previsto, uma vez que os cães eram treinados usando os tanques soviéticos, executando a tarefa mas facilmente com os tanques deles do que com os alemães, mas mais de 25 tanques alemães foram seriamente danificados desta forma durante as batalhas de Stalingrado e Kursk.

-O famoso tanque T-34, mais poderoso da guerra, era tão apertado que em caso de incêndio, quase sempre morriam todos os tripulantes. Os soldados russos usavam as cápsulas deflagradas para fazerem ali suas necessidades fisiológicas sem precisar descer do veículo.

-O líquido contido no interior de alguns cocos pode ser usado como substituto do plasma do sangue em situações de emergência. Esta propriedade foi descoberta e muito utilizada durante a Segunda Guerra.

-O nome original de Stalin era Josef Djugashvili. Em 1913 começou a usar o pseudônimo Stalin (ou Estaline) que significa "Homem de Aço".

-O quadro Guernica, de Picasso (pintado em 1937), foi transferido para Nova York durante a segunda guerra, pois recebeu do pintor a ordem de que, apenas quando a Espanha fosse um país democrático poderia ser levado para lá. Ficou sob a guarda do Museu de Arte Moderna de Nova York (MOMA). Isso ocorreu apenas em 09 de setembro de 1981, sendo a obra retirada do MOMA rumo à Madrid. Tinha chegado ao final a peregrinação da obra que os espanhóis chamavam de "el ultimo exiliado".

-O saudoso ator cômico Stan Laurel (O magro, da dupla o Gordo e o Magro), lutou na Segunda Guerra junto com a FEB. Ele operava uma engenhoca de fazer fumaça, que era usada para camuflar a passagem de tropas de um ponto para outro, confundindo os alemães.

-O significado do D em "Dia D" e H em "Hora H", é simplesmente por causa das iniciais: Dia (D) e Hora (H). Quando essas palavras são utilizadas, combinadas com sinais de mais ou menos e números, indicam quanto tempo falta ou passou de uma determinada ação. Exemplo: H-3 significa que faltam 3 horas para a Hora H (determinada anteriormente); D+3 significa 3 dias após o Dia D. H+75 significa 1 hora e 15 minutos após a Hora H.


-O tanque mais pesado de todos os tempos foi construído pelas alemãs Maus II, que pesava 192 toneladas. No final da guerra este tanque ainda não tinha alcançado o estado operacional (Fonte: Livro dos Recordes do Guinness).

-O Ten. Carlos Alberto Martins Torres, integrante do 1º GAV na Itália (onde voou 99 missões), teve a honra de ser o único piloto brasileiro a afundar um submarino alemão, o U-199, ao largo da Baía da Guanabara, quando pilotava o Catalina da FAB Arará em 1943.

-O Tenente Carlos Alberto Martins Torres, integrante do 1º GAV na Itália, onde voou 99 missões, teve a honra de ser o único piloto brasileiro a afundar um submarino alemão, o U-199, ao largo da Baía da Guanabara, quando pilotava o Catalina da FAB "Arará" em 1943.

-Os dois presidentes americanos, Franklin e Theodore Roosevelt, eram primos de quinto grau.

-Os Estados Unidos pagaram US$ 25,5 milhões a famílias de vítimas húngaras do holocausto como compensação por saques de jóias e outros valores durante a guerra.

-Os pilotos kamikazes japoneses recebiam tratamento privilegiado, bem como eram considerados heróis. Todos eram voluntários, rigorosamente treinados e preparados para as missões suicidas. Se eles se recusassem a permanecer na tropa, eram executados como traidores.

-Quando os russos chegaram a Berlin, eles aprenderam a dizer a seguinte frase em alemão: "Alô, o Ivan Chegou" (algo como "Heloo, Ivan kam an"). Por pura gozação, eles entravam em algumas casa em que os telefones ainda funcionavam e ligavam aleatoriamente para outros fones em Berlim e anunciavam sua presença: "Alô, o Ivan Chegou!"

-Se você já assistiu o filme "O Pianista", viu a parte em que Wladislaw Szpilman e um oficial alemão se encontram num sótão, em Varsóvia, onde o pianista se escondia após ter escapado de um embarque para Treblinka. Depois que Szpilman toca o "Noturno", de Chopin, o oficial alemão passa a fornecer comida e a visitá-lo até que um dia ele se despede. Bem, o nome desse oficial era Wilhelm Hosenfeld e essa história aconteceu realmente.

-Um destróier alemão foi atingido pelo próprio torpedo, quando atacava comboio aliado com destino à Rússia. Ao largo da Noruega o mar estava tão frio que congelou os controles do torpedo e ele virou e atingiu o barco alemão.

-Um destróier alemão foi atingido pelo próprio torpedo, quando atacava comboio aliado com destino à Rússia. Ao largo da Noruega o mar estava tão frio que congelou os controles do torpedo e ele virou e atingiu o navio alemão.

-Um dos filhos de Stalin, Yakov Dzugashvili, serviu no Exército Vermelho e foi capturado pelos alemães em 1941. Os alemães ofereceram trocá-lo por um general alemão, mas Stalin recusou a oferta alegando que quem se rende é um covarde. Yakov foi fuzilado durante uma tentativa de fuga do campo de Sachsenhausen em 1943.

-Um piloto do 1° Grupo de Caça, Danilo Moura, foi abatido a 600Km de Pisa, base usada pelo grupo Brasileiro. Cansado de espera (após a ejeção) e desacreditado em seu resgate, resolveu voltar por conta própria para Pisa. Vivendo uma verdadeira odisséia, a mais engraçada foi quando ele disse que na Itália ninguém bebia água, toda vez que ele pedia água a alguém, davam-lhe vinho, e depois de alguns vinhos resolveu cortar o cabelo. Ao entrar na barbearia, percebeu que a mesma era do exército alemão e estava "lotada", por sinal, imediatamente o efeito do vinho passou e ele tratou de sair de lá o mais discreto e rápido possível.

-Uma bala de fuzil viaja a 2.400 km/h e demora em média 1 milésimo de segundo para acertar um alvo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Favor, sem ofensas, comentários ideológicos, racistas, antissemitas e semelhantes.

Se não concordar, discordar ou mesmo ter a acrescentar com o escrito no post, o dialogo é a melhor opção.

OBS: Não tenho muito tempo para responder todos comentários, então se seu comentário demorar a ser moderado, não venha reclamar comigo, pois tenho outras atividades alem desse blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...